13 de out de 2014

Um dia! Ou será...todos os dias?!...

Mais ou menos isto...


7.30h – Trim trim… toca a levantar!
Apanho 1 estendal de roupa. Estendo outro. Saga!
Pequeno-almoço (terapia na cozinha; aboli o pão branco e o leite matinal! Preparo um big batido de legumes, frutas e sementes!). Adianto-me; visto-me.
 8.45h – Vasco salta da cama…começa o “jogo do gato e do rato”…turbilhão de nervos entenda-se. Muitos mimos e cantorias de “bom dia”! É o momento bom do dia, amamo-nos! O Vasco bebe o leite e vê desenhos animados; maquilho-me (Se não o faço odeio-me o resto do dia! Faço-o para mim, ponto!).
9.30h - Estamos na escola. Depois de muita guerra e negócio para lavar os dentes, vestir, sair de casa, entrar no carro… até sairmos já odiei o gato do vizinho que nos visita sempre que tentamos entrar no carro, a Ritinha do outro vizinho (um pónei) que todas as manhãs ali está a pastar… Ali! Do outro lado da estrada! Ali mesmo a jeito de cativar as atenções todas do Vasco! Fica na escola sem grandes birras.
Suspiro! Café rápido (hoje havia estacionamento em frente ao café! Se não houvesse sigo e talvez beba ao pé do trabalho. Ou não…depende se vou com 5 minutos de tempo!)
Aproveito e paro numa PayShop que fica mesmo ao lado. Pagamentos :/
11h – Estou em casa. “Ajeito” camas e arrumo o que sobressalta à vista… Preparo encomenda para entregar e uns esboços para pintar à tarde.
11h.30h – Passo no banco e na lavandaria que ficam +/- no caminho do trabalho.
11.50h – 6Km… Chego ao trabalho… Relax! Nas próximas horas o meu cérebro agradece a rotina e estou ali só para os meus meninos! Apesar de tudo, dos risos, do barulho, da correria…estou ali só para eles! Almoço.
14.30h – Saio do ATL. Sigo para a confecção para levantar e entregar uns trabalhos.
15.30h – Estou em casa. Oriento animações de 2 contactos telefónicos que recebi entretanto. Pego no pincel e pinto encomenda, 1fralda. Feito!
16.45h – Paro 10minutos. Lanchar e fazer zapping.  Saio de novo para o trabalho.
Bebo café ali ao lado... Preciso “despertar”!
19h – Chego à escola do Vasco. :/ Euforia… não porque me vê mas porque não quer vir embora! Corre, foge…birraaa, deita-se no chão e primeiro que entre no carro…birraaaa… pufff! Estou ko! Já nem falo no problema de tirar o cinto, querer saltar da cadeira, querer beber água, implorar pela chupeta que sabe que está em casa…
Chegamos a casa…tenho a sensação de que tenho outro dia pela frente mas desta vez sem o descanso nocturno. Dou banho ao Vasco e despejo-o no sofá a ver Tv. Faço o jantar; espécie.
Marido chega. Cansado por direito…
20.40h – Jantamos. Tentamos pelo menos. Eu e o pai sim, o Vasco desfila pela cozinha a fazer as cenas infernais que qualquer mãe não deseja, pelo menos, a esta hora do dia. Terror… :/ Come quase tudo depois de muitos berros meus. Perco a paciência… e o pai também… comigo! Casa de doidos!!! Apetece-me fugir! O pai arruma a mesa e eu imploro que não faça mais nada… que leve o Vasco para a sala. Para longe do meu sistema nervoso!
Arrumo a cozinha, levo a roupa para dentro.
São quase 22h… começou outra guerra. Levar o Vasco para lavar os dentes e deitar. Conseguimos deitá-lo, mas como sempre eu tenho de ficar com ele algum tempo. Como se fosse dormir com ele. Mimos, muitos. Quer uma história, um brinquedo, o não sei o quê e o que mais… consigo ser persistente! Acalmou! Mas não adormeceu…  É isto todos os dias!
Consigo “raspar-me”! E ele adormece pouco depois!
Finalmente na sala! Dobro a roupa enquanto vejo a novela e são 23h bem passadas! Preparo as roupas para amanhã. Faço uma lista de afazeres. Entro no mail e no Face, faço uma vista cruzada enquanto também faço zapping.
Pufff… tomo duche e caio na cama.
00.45h - Boa noite!
Todos os dias é mais ou menos isto… Adormecer exausta… E o que sou eu afinal? Dona de casa, mãe, esposa, artesã, auxiliar,... sou para tudo "pouco inteira"! Tudo é tempo parcial na minha vida! Confesso gostar desta adrenalina mas pesa muito a sensação de que sou uma péssima esposa e estou a crescer uma péssima mãe. Contudo…não consigo dizer que não sou feliz…sentimento estranho!