8 de jan de 2011

Uma vez mais à procura de definição...

Numa postagem muito anterior...

"Um blog... o que é isto afinal? Confesso que à muito que procuro uma definição! Um livro aberto à "cusquice"!!! Um centro de "despejo" de sentimentos e emoções!! Sei lá!!"

Hoje continuo sem conseguir encontrar a tal definição! No entanto sinto necessidade de vir aqui escrever... Um diário?!! Longe disso! Prefiro continuar a chamar-lhe centro de "despejo"! Talvez porque hoje me apetece "despejar" e nem quero saber quem me lê... (hoje sinto isso, amanhã não sei!!). Admiro as pessoas que "blogam" e que conseguem respeitar os critérios de criação do seu blog! Mesmo as que expõe a sua vida pessoal. Admiro-as por serem fortes e se "maribarem" para o que outros pensam! Eu não consigo... Se escrevo, fico a pensar no que escrevi, se não escrevo... as palavras vão voando pela minha cabeça sem forma de querer parar! Imaginem um relógio dentro de vós a tocar de 15 em 15 minutos! Vou nas minhas "lides" e vou escrevendo coisas dentro de mim. É esquisito mas só passa depois de exteriorizar...

Durante o mês de Novembro, nem sei precisar, quando comentava com uma amiga sobre a simples experiência de fazer "bolinhos" no forno do fogão, ouvi algo que talvez por ter sido dito de forma sarcástica me soou esquisito... fiquei a pensar...

"...lolol... É só do que falta tirar fotos e pores no blog! lolol!!!"


Na mesma época, em cenários diferentes, uma cliente pouco assídua disse-me…

“...vou ao seu blog muitas vezes! Adoro o que escreve e o que posta…”

Bem…lembro-me de ter sentido um calor imenso, como se quisesse o meu anonimato a todo o custo. Confesso que quando encontro pessoas conhecidas a dizer que seguem o meu blog me sinto pequenina!! É tão estranho! Esquisito!
Hoje estou aqui a escrever por necessidade é certo. Mas também um pouquinho, em parte, por essas pessoas que afinal são muito superiores às que me visitam e não vêem nisto apenas um livro aberto à “cusquice”!!Quem segue o meu blog deve ter reparado que nos últimos dias o actualizei. Até ao dia em que o fiz, tinha “anulado” o mês de Dezembro do meu calendário de 2010! Todas as actividades, posts que postei foram vividas quase em “piloto automático”. Prefiro resumir as vivências do mês de Dezembro às vésperas de Natal, fim do ano... Vivi para a minha família e para os meus amigos. Simplesmente! No entanto, por estes dias, decidi voltar atrás e postar como se nada se passasse porque afinal conclui que é assim que quero recordar o ultimo mês do ano!
Perdi muitas coisas, boas e más! Descobri… por exemplo, que ou temos amigos ou temos pessoas para quem somos simplesmente uma passagem nas suas vidas! Durante Dezembro acabei por coleccionar um misto de sentimentos dos quais me quero desprender! Sei que vou continuar a ser este caranguejo sensível e complexo, ou não seriamos nós nativos difíceis de se entender e virados para o nosso pequeno universo!

Gostava de dizer muito mais... de certo que quem me "cusca" e me conhece está "mortinho" para que eu o faça... lolol, e quem me conhece MESMO, também... aliás para estes últimos eu gostaria mesmo de ter agido de outra forma! Gostaria de não me ter fechado nesta minha carapaça e ter sido diferente... Ter dado um "Até um dia! Foi um prazer!" Porque foi mesmo! Mas infelizmente fui quase tão apanhada de surpresa como quem sabe do que falo! E para que não restem duvidas às mentes mais duvidosas... não sou nem nunca fui dona da Celiart!

Por esses dias recebi um mail… Pura coincidência! À primeira vista um mail banal! Daqueles que temos de devolver ao destinatário e mais não sei quantos contactos..! Quem mo enviou sabe que lho devolvi de forma muito especial… Há momentos na vida em que até as coisas mais banais são recebidas no momento certo! Obrigada!


"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas ese tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrarum oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."
(Fernando Pessoa)

Quanto às artes decorativas? Sim, continuo a gostar! Ninguém me fechou esse mundo maravilhoso! Prefiro dizer que em Dezembro meti férias! E em 2011 será de certo o meu hobby!!! Até porque durante os próximos meses me aguarda o cliente mais exigente de sempre!! ;)

5 comentários:

Paixão do Artesão disse...

Olá minha querida, já pensas-te em escrever um livro, se não pensas-te então pensa e escreve porque tens mesmo muito jeito para escrever.

Beijinhos
Sónia Eduarda

paulamar disse...

Pois é... tenho saudades tuas...
Muito bonito e muito interessante o que escreveste...deixas-me sempre a pensar....
Pois é, cheia de novidades p'ra contar...
Olha, do fundinho do coração, desejo-te as maiores felicidades neste "novo desafio" e que, de vez em quando, nos encontremos nestas lides e paixões artísticas! ;)
Um enorme beijinho com muito carinho
Paulamar

akuarela d'ideias disse...

Ola linda, bem sei que nos próximos tempos te aguarda o cliente mais exigente de todos,mas não deixes de escrever aqui e muito menos de fazer a arte que sabes tão bem fazer e que muito me ensinaste,dando umas dicas aqui e ali que foram muito importantes para também eu ir aperfeiçoando as minhas modestas artes; não deixes de fazer estas coisas que tanto te dão prazer e acima de tudo NÃO DEIXES DE SORRIR....nunca!!! Miúda, estas prestes a viver a viagem mais linda da tua vida, saboreia cada minuto.....vale a pena! Um grande beijo desta fã dos teus trabalhos

Mila Oliveira disse...

Olá Pintoreska!
Não podia deixar de comentar este lindo texto, até porque se bem me lembro, acho que sou eu a cliente pouco assídua que lhe disse que acompanhava o seu blog. É verdade que agora não o faço com tanta regularidade, mas sempre que posso lá vou eu espreitar o que lhe vai na alma. Não o faço como modo de cusquice, mas porque me revejo em si e nos seus pensamentos e desabafos. Desde a primeira vez que fui à Celiart à Maceira que me cativou, não só pelo trabalho que desenvolve, mas pela pessoa que é.E mais eu não a conheço para dizer tal, mas como diz no livro do principezinho "se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro..." por isso é que passo pelo seu blog sempre que posso... Também sou uma amante da reflexão, acho que só consigo perceber este mundo e as pessoas que nele habitam se reflectir, só consigo ultrapassar os meus obstáculos e os entraves da vida se reflectir. A reflexão faz bem à alma!!! As pessoas que falam mal, olham de lado, não têm o poder de reflexão, pois se tivessem não falavam antes de pensar.Esquecem-se que só depois de reflectirem naquilo que são, saberão aquilo que não são, e muitas delas não fazem ideia que são arrogantes, cínicas, entre muitas outros adjectivos.... Parece confuso, mas não o é!E lá estou eu a divagar como sempre. Continue a escrever e um dia se voltar para as artes com workshops, faço questão de aparecer... Uma outra paixão minha!
Um beijinho muito grande e felicidades para os desafios da vida. Mila

Pintoreska disse...

Para a Mila...

Olá!!! Como adorei o seu comentário :) Obrigada! De facto é mesmo a cliente a que me refiri no texto! Tive outras situações mas esta foi mesmo com a Mila!! Uma vez mais fez-me corar!!! Recordo-a com carinho, não por ser mais ou menos assídua e jamais a incluiria nos que me visitam por "cusquice"!!Ou não tivesse eu dado o exemplo da nossa conversa como exactamente o oposto! Continue a ser essa pessoa maravilhosa e cativante! Ah... e a escrever tão bem! Tem algum blog Mila? De certo leitores não lhe faltavam!
Beijinho muito grande!